Polícia: Suspeita de aplicar golpes em diversos estados do Brasil é presa em Pinhais

normal_EST_PINHAIS_CAPAUma mulher de 30 anos, identificada com Jaty do Rêgo Barros Muniz, suspeita de aplicar um golpe de aproximadamente R$10 mil na mãe de um homem com quem se relacionava há cerca de três meses, foi presa na última semana pela equipe de investigação da Delegacia de Pinhais após constatarem que a suspeita tinha um mandado de prisão em aberto, expedido pela Justiça de Pernambuco, por estelionato.

Segundo informações policiais, Jaty é suspeita de aplicar golpes em diversas regiões do Brasil, como Pernambuco, Recife, Bahia, entre outros – na maioria das vezes ela se apresenta como assessora de imprensa de uma dupla sertaneja do nordeste. O modo de agir da suspeita é quase sempre envolvendo a venda de equipamentos para a realização de eventos, bem como ingressos e pacotes turísticos que nunca são entregues.

No Paraná, a suspeita começou a realizar empréstimos em nome da sogra e pegar dinheiro da família dizendo que posteriormente pagaria. Desconfiada, a vítima relatou a situação à polícia, que passou a investigar e constatou que a suspeita já tinha envolvimento com estelionato em outros estados, verificando que tinha um mandado de prisão em aberto em Pernambuco.

De acordo com o delegado-titular da unidade, Haroldo Luiz Vergueiro Davison, a suspeita nega a participação em todos os crimes. “Ela apresenta uma característica comum de muitos estelionatários, que é a identificação incompleta ou com dados divergentes – para dificultar o reconhecimento – além de ser articulada e convincente, conseguindo persuadir muitas pessoas”, ressalta Davison.

Jaty foi condenada há 10 de prisão em regime fechado. A mulher está presa na Delegacia de Pinhais, onde aguarda transferência para o sistema prisional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: