Portugal: Baixas temperaturas podem provocar “geada negra”

© Gleb Garanich / Reuters

As baixas temperaturas previstas para os próximos dias podem provocar a chamada “geada negra”, que, segundo a meteorologista Madalena Rodrigues, é natural que aconteça com alguma frequência em Portugal.

“Afeta plantas mais sensíveis ao frio e surge principalmente com temperaturas negativas ou próximo de zero”, disse a responsável do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), explicando que não é um fenómeno raro.

A “geada negra”, explicou, na verdade não é geada, que é branca, mas sim uma situação de frio que queima a seiva das plantas, que ficam negras por isso.

Madalena Rodrigues não indicou locais prováveis para a “geada negra”, afirmando apenas que as temperaturas muito baixas podem afetar plantas ao ar livre que não sejam próprias da época ou que sejam mais sensíveis.

A meteorologista frisou que a “geada negra” acontece com alguma frequência nos invernos e que apenas afeta as plantas.

As temperaturas vão descer entre 4 e 9 graus Celsius a partir de quarta-feira em Portugal continental devido a uma massa de ar continental mais fria e seca.

A “geada negra” acontece com frio intenso e muito seco e com vento, que impede a formação de geada mas provoca o congelamento da seiva, e a planta fica escura e morre. Regar as plantas pode ter uma ação protetora.

Lusa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: