Coluna do Pagliosa

VOCÊ SOFRE DECEPÇÕES?  NÃO SE ABALE!

Sempre que você se propõe a realizar algo diferente, a executar um novo projeto que lhe exigirá tempo e suor, é natural que anseie por reconhecimento das pessoas que lhe são caras, daqueles mais chegados, daqueles que lhe são íntimos.

Porém, quase sempre, as pessoas frustram expectativas. Dão pouco caso, e reagem com indiferença as suas conquistas.

Não se abale! Isso é normal, e por incrível que pareça é o pessoal de casa que dará menos relevância ao que você realiza. O próprio Jesus Cristo sofreu isso, e é indiscutível que santo de casa não faz milagre!

Sei que nunca desenvolveremos intimidade com o Espírito Santo, enquanto depositarmos nossas esperanças em outro ser humano. Sabe por quê?
Simplesmente porque as pessoas são muito falhas, e a Bíblia nos ensina que não há nada de bom em nossa carne e que qualquer ser humano, por mais firme que seja, é totalmente vaidade. O homem é um poço de vaidades!

Deus deseja muito ser buscado por cada um de nós. E Ele usa as decepções que sofremos para que esta busca seja mais amiúde, mais intensa, mais dependente.
Então, leitor, abrace suas decepções como um alento no sentido de entender que Deus realmente se importa com você, que Ele o ama profundamente, que Ele quer intimidade com você, e que a sua opinião é a única que realmente deve lhe interessar.

Nunca se magoe, e nunca se aborreça com a frieza emocional das pessoas. Aprenda a viver na dependência exclusiva de Deus.

Precisamos viver na dependência do Senhor. Ele usa nossas decepções como um freio no ímpeto natural que possuímos, de depender de outras pessoas. É um erro depender de pessoas! E muitos não se dão conta disso!

Repito: É um erro, você depender de pessoas!

Nunca se decepcione com seus líderes espirituais, nem com sua Igreja e muito menos com Deus, caso esteja atravessando períodos difíceis. Quando o seu sofrimento parecer desmedido e fora de propósito, é sinal claro que algo das mãos de Deus está para lhe alcançar. Creia nisso!

Não esmoreça, e mantenha-se firme na palavra do Senhor, porque a obsessão do inimigo é abortar o seu milagre, e ele sabe antecipadamente quando a graça de Deus lhe é destinada. Então, ele faz o impossível para lhe tirar a paz, para você desistir de Deus. Persista… Tudo o mais é irrelevante!

Desligue-se do passado, foque o seu presente e todo o seu futuro, na presença de Deus. O passado é para esquecer…

E para seu conforto, para sua alegria, convido-o a ler Salmos 126, que é um consolo para todos os que sofrem. ALELUIA!

Com meu carinho.

João Antonio Pagliosa

www.palestrantejoaopagliosa.blogspot.com.br

Curitiba, 20 de março de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: