PINHAIS – Gaeco cumpre mandados de busca e apreensão em residência de ex-vereador

Do MP-PR – O núcleo de Curitiba do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, e a Promotoria de Justiça de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, cumpriram na manhã desta segunda-feira, 20 de novembro, mandado de busca e apreensão na residência e em empresas de um ex-vereador de Pinhais e mais uma pessoa acusada de crime cometido a mando do ex-vereador. Os agentes do MPPR buscam ainda cumprir mandado de prisão temporária contra o ex-vereador, que se encontra foragido.

A ação decorre da Operação Racha, instaurada para apurar a prática de divisão de remunerações de assessores parlamentares comissionados que seriam obrigados a entregar mensalmente parte dos seus vencimentos a alguns vereadores de Pinhais. O cúmplice do ex-vereador é acusado de haver corrompido testemunha que seria ouvida em procedimento investigatório do Ministério Público, para que mentisse em seu depoimento, em troca de uma recompensa.

As investigações continuam em curso para apurar a mesma prática em relação a outros vereadores e ex-vereadores de Pinhais, o que poderia caracterizar os crimes de organização criminosa, corrupção ativa, corrupção passiva, concussão e falso testemunho, além de atos de improbidade administrativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: